sábado, 29 de maio de 2010

Divórcios

Algures isto deixa de ser compensação e passa a ser pura vingança: Elin Nordegren, mulher de Tiger Woods, terá pedido 750 milhões de dólares pelo divórcio.

Tiger Woods parece que a traiu com qualquer coisa entre 40 e 120 mulheres durante o seu casamento de 7 anos, mas mesmo assim pedir uma soma superior à fortuna pessoal avaliada em 600 milhões parece um pouco exagerado, não?

23 comentários:

Irma disse...

Bastante exagerado, de facto. As mulheres conseguem ser terríveis quando se pré-dispõem para tal.
Muito mais fácil seria contratar um snipper. Mais barato e seguramente mais eficaz :P

Ary disse...

Quando o teu marido morrer com dois tiros na testa e um no coração vamos todos saber o que aconteceu.

Irma disse...

Não é preciso dois na testa. Um basta. Desde que seja certeiro... :P

mpr disse...

ouvi dizer que a Elin já arranjou um novo namorado com quem, para felicidade sua, recomeçar a sua vida.
ela merece muito, depois das humilhações que o TW lhe fez, ser feliz com o Ricky Martin.

Ary disse...

Dois é só para garantir.

Ary disse...

Manuel, saíste-me um socialite ...

Irma disse...

pff...socialite...o Ricky Martin assumiu a sua homossexualidade recentemente, portanto estamos muito desactualizados.. Só se foi uma piadinha com laivos de homofobia. O que não é de estranhar.

Ary disse...

Não acham estranho que pessoas com filhos depois se revelem gays?

Ary disse...

(Não estou a dizer que acho mal, pelo contrário, se o são e se acham preparados não tenho mais se não que aplaudir a coragem deles. Mas ainda assim ponho-me a imaginar a vida que essas pessoas terão levado tentando esconder-se dos outros e fazendo um esforço para "comply with the norm".)

Irma disse...

Not really...Até porque, pelo que sei, não foram assim tantos os casos. De qualquer forma, é sempre mais fácil "play by the book".

Daniela Ramalho disse...

Eu acho que a compensação é mais do que justa. 120 outras mulheres durante sete anos é muito mulherio, não sei como é que ela não lhe cortou outra coisa além da conta bancária. Mas pensei que eles já eram de novo amantes, com todo o espectáculo do perdão e da redenção que ele teve de fazer publicamente. Normalmente resolve-se tudo com um anel de diamantes bem caro e um carro novo e casa de férias :P

Quanto aos gays com filhos que depois saem do armário... acho que já está tudo dito :p deve ser é terrível o sofrimento de ter de procriar com uma mulher quando se gosta de homens xD

Ary disse...

A compensação é justa? "Sete anos de pastor Jacob servia/ Labão, pai de Raquel serrana bela" e depois ainda serviu outros sete. Ela viveu sete anos ao lado de um homem que lhe proporcionou uma vida regalada e está a pedir dinheiro que ele não tem.

Isto do número de mulheres não é sempre a somar.


Quer no caso dos gays com filhos, quer no caso do Tiger Woods, a mulher deve ficar sempre a pensar "o que é que eu fiz de errado".

DC disse...

Deve haver aí um X por cada mulher com que se traia...
e já agora, se traísse com o Homem(misturando os dois assuntos) a indemnização per capita seria maior ou menor?

E a quantia é fixada por mijadela fora do penico ou pelo número de penicos em que mijou fora?

Será igual trair com uma mulher 1527388650938901738946782903789200367773894729004738862937293046582046729072949579402749036292 vezes, ou 2vezes com 2mulheres diferentes? E se for uma vez com 9 mulheres diferentes(note-se que é apenas uma vez e não 9 vezes)?

A mesma regra é passível de ser aplicada a traição do homem com o homem?

E se for a mulher a trair?é igualmente indemnizável, no mesmo valor, ou a monogamia(à semelhança das peças de roupa) é exclusiva das mulheres?

Ary disse...

Tudo questões pertinentes como diria uma certa pessoa.

Daniela Ramalho disse...

Se fosse com um homem acho que ela era capaz de pedir mais e talvez o número do homem. Se fosse a mulher a trair ele era bem capaz de lhe dar uma tacada na cabeça e depois vir chorar porque a sua senhora tinha desaparecido :p os homens normalmente reagem a estas coisas com uma certa paixão, enquanto que as mulheres tentam retirar dividendos.
E as peças de roupa não são exclusivas das mulheres, graças a nosso senhor já passou esse tempo. Tal como a monogamia deixou de ser exclusiva das mulheres para passar a ser dos dois. Digo eu que sou muito tradicional nesses assuntos!

DC disse...

não há peças de roupa não são exclusivas das mulheres? Não era essa a tua opinião há uns tempos atrás...

Se calhar a ideia de poligamia é que se tornou mais socialmente aceitável em relação às mulheres...

mas como dizia o outro: uma chave que abre várias fechaduras é uma chave mestra; uma fechadura aberta por qualquer chave é uma fechadura de merda...
Agora cada um tira daqui as ilações que quiser! :D

Gostei particularmente dessa questão do taco na cabeça e desaparecer misteriosamente e vir chorar e não sei que mais, como se os homens fossem imunes há justiça... Simpson faz-te lembrar alguma coisa?e não são os bonequinhos amarelos...

Ary disse...

Vá DC ... Sabes bem que isso nunca ficou provado ...

DC disse...

Sim, mas ele não deixou de ser julgado, no tribunal e condenado na comunicação social...era precisamente aí que queria chegar... ;)
Não é por ser homem que deixa de responder perante a justiça, ao contrário do que a Daniela quis dar a entender...

A não ser que te estejas a referir à história da chave e da fechadura...:P

João Fachana disse...

Pá, nos USA tudo é possível... E n me admira nd que o TW ainda vá ter de trabalhar para ela de forma a pagar a parte que n tem :D Isso sim é que seria a verdadeira vingança:D

Daniela Ramalho disse...

Eu nem sequer falei do facto de posteriormente ele vir a ser apanhado pela polícia. Estás a concluir cenas totalmente fora do que eu quis dizer. É óbvio que ele mal acabasse de dar com o taco de basebol nos dois até morrerem (credo), não ia sair a gritar "olhem para mim, cometi um crime passional", iria sim sair e fazer o ar mais normal de sempre. Aliás, é normalmente esse o rumo das histórias.lol O que acontece depois já não tinha interesse para o comentário. É óbvio que os homens respondem perante a justiça e era patético eu achar que eles saem sempre impunes, numa espécie de fanatismo feminista. Enfim.

Quanto à roupa, eu percebi que querias dizer que era exclusivo das mulheres ligar às peças de roupa que se usa e/ou ter interesse e histeria pelas colecções de roupa, coisa que não aconteceria com os homens por estarem desligados da moda ou o que lhe quiseres chamar. Agora, se um homem quiser usar um soutien ou uma tanga e um cinto de ligas, who cares? É igual à história das calças. lol

Joana Banana disse...

sendo que nos EUA conseguem processar os fabricantes de automóveis que não dizem expressamente que ao ter o "piloto automático" não significa poder ir para o banco de trás descansar em andamento...

DC disse...

JFC, melhor do que trabalhar para ela, para lhe pagar, era ter que se prostituir, no sentido literal, de fazer sexo a troco de dinheiro, para pagar a dívida...isso sim era engraçado.
Sinceramente não sei como é que isso é possível e como é que algum juiz com dois dedos de testa, aceitaria uma indemnização superior à fortuna...mas já vi defender de tudo, essa já nem me surpreenderia assim tanto...

João Fachana disse...

Só sei que é uma boa inspiração para mais um episódio de Boston Legal :D

Enviar um comentário