quarta-feira, 28 de maio de 2008

AmesterdamOpen 2008

Video que anunciou a moção final do "Amesterdam Open 2008".

E este nem é um grande torneio. Vale mesmo a pena ver os videos. Os tipos são mesmo muito muito bons.



Final – Amsterdam Open 2008 from Amsterdam Open on Vimeo.

19 comentários:

manuel disse...

brilhante, grande mote para discussão...
é caso pra dizer "i predict a riot!"

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Mesmo... já viste o debate?

Guilherme Silva disse...

Já viram o filme de onde este video foi tirado?
Pesquisem no youtube "25th hour fuck scene" para verem toda esta cena, ou se preferirem (e sugiro vivamente que prefiram) vejam o filme. "The 25th hour" - " a última hora" de Spike Lee...
Muito bom.

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Não fazia ideia. Mas ta muito bom ... Vou ver se vejo :)

Daniela disse...

esse filme é mesmo grande malha. não entendo porque não passam disto no cineclub. ele é recente, mas muita gente certamente iria gostar de ver.
e boa música esta que aqui aparece. a lembrar umas noites no blá blá.. xD

Guilherme Silva disse...

Olha olha a Daniela a aproveitar este blog para mandar "recados" ao CineclubeFdup.
Muito bem, a tua sugestão foi apontada, e prontamente rejeitada :)
Tou a brincar, logo se verá.
Ary, a Sociedade de Debates tem logotipo?

Sociedade de Debates disse...

Tem sim Guilherme. Trata-se da imagem bonita que vês no topo do blog, mas sem as letras pequenas, só o SdD. Ou pelo menos esse é o logotipo provisório ... (Esteve nos cartazes, agora no site ... parece-me que está no bom caminho se tornar num logotipo).

Mas tinhas sugestões?

Abraço

PS: Daniela, fazes bem em mandar bocas ao cineclub. Eu também mandei bocas à ELSA numa reunião, portanto estás perfeitamente legitimada... =P

MJ disse...

Querida Daniela, estás, como é obvio, à vontade para mandar bitaites ao Cineclube... Mas, e embora o 25th hour seja um filme muito muito bom, é também, disseste bem, demasiado recente. E esse é precisamente um ponto a seu desfavor para passar no Cineclube. Para perceberem melhor o que quero dizer, visitem www.circuitocinema.blogspot.com

Quanto ao Ary, tadinho, ele bem tenta dar uns ares de designer... Querido, não se pode ser bom em tudo, já to disse variadas vezes :p

E já agora, quem és tu para legitimar alguém a mandar bocas ao Cineclube, and for that matter, à ELSA ? tsc tsc tsc
Não aceitaste o meu convite....não mandas bitaites! (como é obvio, estou a brincar, vais ser o sócio numero 1)

Beijos - um pouco esténicos por estar a aturar o Figueiredo Dias há tantas horas
(ou serão asténicos pelo exame que aí vem?)

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Maria João,

eu legitimo porque em tenho a palavra-passe =P É uma legitimação de facto. =D

Quanto ao logotipo (e falando muito a sério) ... Eu gosto, mas se um número significativo de pessoas não gostar, acho que se deve procurar outra solução.

Abraços

Rui Moreira disse...

Ary, antes de mais, tive na Bélgica, de forma que só tive oportunidade de responder ao teu comentário hoje. Em relação ao que disseste, eu compreendo. Acho realmente que o PCP teve legitimidade para falar de liberdade enquanto lutou por ela, nos grandes movimentos estudantis do pré- 25 de Abril. A partir do momento em que tentou implementar cá uma ditadura da esquerda, deve medir bem as palavras que o seu secretário-geral e ver se tem credibilidade e até legitimidade para falar.
Um grande abraço. Continuem ;)

Francisco disse...

Pessoal,

não quero ser o patinho feio mas já que o Ary colocou a questão de forma tão aberta, eu manifesto-me: embora o logotipo seja secundário, a ter um, devo dizer que não gosto nada deste! Mas é só a minha opinião!

Um abraço

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Mas o que é que não gostas nele?

Rui Moreira disse...

Ary, eu entendo o teu ponto de vista e percebo-o. Mais do que isso, acho que tens razão. O PCP deve criticar e falar, mas no contexto da afirmação do Jerónimo, continuo a achar que não tem legitimidade para nos chamar fascistas como faz todos os dias e para dizer que apenas o PCP lutou pela Democracia em Portugal.

Grande abraço

manuel disse...

o logotipo é meio fop, meio dandy, meio snob, tem uma certa blague, um je ne sais quoi, há nele um quelque chose que... não sei...

por mim até pode ficar.

Daniela disse...

porque é que o cineclube só pode ter filmes velhos? vocês são maus... deviam era passar o american pie.. muahahaa

manuel disse...

daniela, não se enfurece os deuses do cinema erudito. sim, eles vão ver o american pie, mas só quando atingir a maturidade erudita, ou seja, lá para 2070...

Francisco disse...

Epá, não o acho jovial, dinâmico, sugestivo. Acho-o arcaico, aristocrático, estático.
Mas não é pelo logotipo que a sociedade vai perder força! :)

Um abraço

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

É aristocrático, é meio dandy, é meio snob ...

Mas acho que ele é sobretudo sóbrio, elegante, distinto e relativamente original já que evoca uma estética que não é muito comum.

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Se o cineclub passasse o american pie acho que as pessoas iam ver não por ser o american pie, mas por ser o cineclub passar ...

Eu acho que as pessoas iam dizer: "Não sabia que o American Pie era um remake ..."

Enviar um comentário