quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Más Notas e Sexo Oral

Se pensam que os vossos pais são duros quando recebem a notícia que vocês chumbaram a Reais (sim, acabo de assumir que todos os leitores deste blog chumbaram a Reais) esperem até ouvir (ou ler) a história de um pobre rapaz de 12 anos.


Quando o rapaz chega a casa com a notícia a mãe obriga-o a esborrachar o seu hamster de estimação com um martelo. Sim, vou repetir, esborrachar o seu hamster de estimação com um martelo!

O rapaz contou à professora, que contou a qualquer coisa que me parece semelhante à DREN, que contou à polícia que foi a casa da senhora para a prender por "animal cruelty", "child cruelty" e "battery".

E é nestas alturas que eu penso que está tudo doido, que me deparo com mais uma notícia espantosa. 

O "Merriam Webster Dictionary" foi banido de uma escola americana quando pais revoltados descobriram que ele continha uma entrada para sexo oral, que definia como sendo a estimulação oral dos genitais. O mais curioso é que o padre local, quando lhe pediram para comentar o incidente interrogou-se, ironicamente, se o próximo passo não seria banir as enciclopédias por delas constarem descrições de órgãos da anatomia humana, como o pénis ou a vagina. O que me faz pensar: algo vai mal quando um padre te acusa de ser púdico.

9 comentários:

Daniela Ramalho disse...

Ainda tenho cerca de uma semana para dizer que não chumbei a reais :P
Isso de esmagar o hamster é mesmo cruel, além de que o bicho nada devia ter a ver com o assunto! Ao menos se eu tiver de dizer que reprovei a reais o máximo que pode acontecer é ter de esmagar o modem da internet com um martelo xD

Ary disse...

Eu devo ter mesmo "issues" com Reais ...

DC disse...

Eu chumbei a Reais...
Mas já não se fazem padres como antigamente... :D

João Fachana disse...

Sinceramente na primeira parte do teu texto n vejo onde está a "doidice"... Só não percebo a parte de ser processada por "battery" (seja lá o que isso fôr), de resto acho mto bem...

João Fachana disse...

Se calhar deve ser por não ter chumbado a Reais :D

Ferreira Ribeiro disse...

João Fachana, não percebes onde está a doidice de uma mãe que manda o próprio esborrachar o seu hamster de estimação com um martelo?

Acho que prefiro ter chumbado uma vez a Reais mas continuar capaz de perceber aquilo que é um comportamento pouco equilibrado!

Ferreira Ribeiro disse...

"(...) uma mãe que manda o próprio filho esborrachar o seu hamster de estimação". Era o que eu queria dizer.

João Fachana disse...

Sim isso é doidice, mas a mim pareceu-me que o Ary n acha só isso uma doidice mas tb o facto da mae ter sido presa por isso... Era essa a parte que n percebo onde é que há doidice

canoas_o_Mercenário disse...

Uma coisa pior seria os pais obrigarem o puto a fazer sexo oral por ter reprovado.. que pelo titulo, e inicio da historia, era o que eu já estava à espera de encontrar.

Felizmente estes pais não tratam o puto, como aqueles 2 policias do pulp fiction tratam aquele "homem?" que tem escondido dentro da cave...

Mesmo assim o hamster mete-me impressão...

Enviar um comentário