quinta-feira, 12 de junho de 2008

Cinema de Animação e Banda Desenhada

Por acaso nunca repararam no "desrespeito" que existe pela população em geral pelo cinema de animação e ja agora pela BD.....

Ainda ontem estava eu na FNAC e vejo um miudo de 11 anos a pedir uma BD do Lucky Luke (k por acaso é bastante boa... eu ja li a colecção toda) e a mãe diz-lhe..... já não tens idade para 'tar a ler os macaquinhos.....!!!!!
(lembra-me a GT a falar dos Macaquinhos) Será k as pessoas não vêem que a BD e o cinema de animação (sem ser os filmes da pixar... que eu por acaso também gosto bastante) também são arte! A BD é a 9 arte, e o cinema de animação é uma combinação da setima com a 9!

Porque é k existe este preconceito contra este tipo de arte? E já agora incluo também os desenhos animados também
Ainda ouço a minha avó a dizer.... "já não tens idade para ver os Bonecos" WTF. Não devo ser o unico a quem isto acontece lool

Pronunciem-se sobre isto e fiquem com uma sugestão de um filme que eu adorei, e que tem serie em desenhos animados. A história não é só mais uma.... é um género totalmente novo ( vejam a imagem)

7 comentários:

Guilherme Silva disse...

Só tenho uma coisa a dizer: tu não eras o "inoportuno"?

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Lool deve ser o alter ego dele. porque até ao fim eu ia dizer era o guilherme quem tinha escrito isto ...

canoas_o_Mercenário disse...

é uma das minhas várias personalidades.... No fundo somos todos mercenários daquilo em k acreditamos. ou não??

Guilherme estamos num mercado capitalista deixaste de ter o monopolio da critica cinematografica. Acabas de ter concorrencia. Fwahahahaha
...xD

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Mercenário ...

Canotilho, sabes o que é um mercenário?

Mercenário: do Lat. mercenariu

adj. e s. m.,
que ou aquele que trabalha por interesse, por soldada, paga ou estipêndio;

s. m.,
frade da ordem de Nossa Senhora das Mercês;
soldado profissional que não faz parte do exército regular e que combate em exércitos de países que não o seu.

A menos que te tenhas sujeitado à regra da ordem de Nossa Senhora das Mercês, ou alistado na Legião Francesa, não és mercenário.

Quanto a ser mercenário daquilo em que acreditamos:

1. O mercenário adere uma coisa porque recebe para isso, não porque acredita nela.

2. Se alguém acredita em algo não precisa de receber nada para lutar por ela.

3. Se não recebes nada não és mercenário, a menos que tenhas salários em atraso.

4. Se fores um mercenário daquilo em que acreditas, és um mercenário de ti mesmo. Recuso-me a discorrer sobre a lógica deste argumento muito filosófico.

5. Canotilho, foste inoportuno.

Guilherme Silva disse...

O Vegeta, Canotilho?!?

manuel disse...

eu pensava que o mercenário trabalhava na mercearia.
isso quer dizer então que paneleiro não é aquele que trabalha em... oh-oh.

tiago o pescador disse...

Manel, o mercenario nao trabalha na mercearia, mas sim na mercenaria...

Enviar um comentário