segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Já que estamos a falar de feriados....

Durante o 5 de outubro fez-se aki na SdD uma grande discussão sobre o significado, e aquilo que se festejava no 5 de outubro. Ora eu aproveito a deixa para lancar outro tema que é o dos feriados RELIGIOSOS (Das poucas coisas que eu gosto na religião catholica).

Vejamos os feriados existentes em portugal

Ora sem contar com o natal [pois este, ainda que seja um feriado considerado da religiao catholica eu nao o considero como tal pois é um festa pagã que foi adaptada, e sempre foi celebrada, mesmo antes do cristianismo(so que sem o nome NATAL LOL)] Temos 7 feriados Religiosos(ainda que um feriado a um domingo.... bom quem é que teve essa brilhante ideia) em 14 ou seja metade dos feriados sao a celebrar coisas que nao sao grandes marcos da historia mundial ou mais importante grandes datas do pais!!!!! Posso-vos dizer que ainda que compreenda a celebraçao da pascoa, ja nao compreendo a da imaculada conceiçao ou da assunçao da nossa senhora entre outros!! WTF É simplesmente ridiculo que num estado que se diz laico e portanto se deve manter neutro, ou melhor, pode não se manter neutro e apoiar uma confissão religiosa se esta tiver um papel importante na sociedade, dê feriados a essa mesma confissão religiosa.

Acho ridiculo que com tanta data importante para celebrar (relativamente a datas importantes para o PAÍS) se vá celebrar dias "santos"!!!! E eu so estou a por a questão no nivel de questionar os feriados religiosos, pois ha pessoas que querem celebrar os seus dias religiosos e nao podem porque sao se outra confissao(mas nao tenho a certeza se ha ou nao legislaçao que flexibilize isso por isso nao vou falar desse caso)

Os feriados religiosos que temos na minha opinião sao ainda resquicios da ditadura, e do seu apego à igreja! Por isso eu defendo a abolição deles, (tirando a pascoa e o carnaval, o primeiro pelo facto de nao me aquecer nem arrefecer Calha ao DOmingo e assim os catholicos ficam felizes e o segundo «porque é ja actualmente um feriado facultativo, o governo todos os anos tem de o declarar»! De Resto abolir todos os outros feriados religiosos e substitui-los por outros na mesma ou noutra data, e que tenham mais significado para o país!! (e nao para alguns)

P.s. Substituir nao significa diminuir o numero de feriados =D vá.... também gosto do meu descansozinho

1 comentário:

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Feriados "na mesma data" era um bocado ridículo. Faz lembrar aquela coisa magnifica que os franceses têm que são as férias de Inverno e as férias de Primavera. Os feriados são uma manifestação cultural e não por se mudarem os nomes aos bois que eles passam a vacas. "Podes pôr batom num porco que ele continua um porco".

Acabar com alguns feriados acho bem, mas é algo que tem de ser feito com muito cuidado e com o apoio da própria Igreja por razões práticas importantes. Hoje os católicos sentem-se bastante marginalizados e que o Estado toma sucessivas posições de desafio face à Igreja. Se a medida não for bem explicada corremos o risco de ter muitos cidadãos a ver o Estado como "inimigo" e essa é a última coisa que queremos.

Seja quando a polícia faz buscas num bairro, seja quando acaba com determinados privilégios de classe, seja quando se acabam com feriados é importante que ninguém se sinta perseguido.

Enviar um comentário