quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Ano do Senhor de 2009

Mais e mais perto do ano três mil e tal, a humanidade passa para o ano 2009 dentro de algumas horas (nem sei se algum índio do pacífico já terá passado, mas também isso não interessa para o caso). Dizem-me que não vai ser um ano de vacas gordas e eu até acredito. Mas também acredito que não é isso que faz um ano. Por ventura alguém sabe se o ano de 1492 foi um bom ano? Ou o de 1500? Ou mesmo o ano zero deste nosso calendário. O de 1789 cheira-me que não terá sido grande coisa ...

É fantástico como anos podem ser marcados por um único acontecimento. Quando eu digo, ou escrevo 1910, 1914, 1917, 1918, 1929, 1938, 1945, 1969, 1973, 1974, 1989, 1998, 2001, 2004, 2008 há sempre uma imagem que me salta à cabeça. Para mim e só para mim é o José Relvas à varanda, a morte do arquiduque em Sarajevo, as bandeiras vermelhas da revolução de Outubro, as trincheiras, as intermináveis filas da sopa, Hitler num empolgado discurso, o cogumelo atómico, o (H)homem na lua, os pâtanos do Vietnam, as chamites a passar pelas estreitas ruas de Lisboa, uma multidão a derrubar o muro de Berlim, o Oceanário, as duas torres, o Euro, a vitória do Obama. Racionalmente é idiota pôr lado a lado a chegada à lua, o Oceanário e a vitória do Obama, mas são as imagens que me surgem.
Mas os anos são feitos muito mais de momentos que marcam pessoas, do que de acontecimentos que marcam a história. A História não sente, para ela tanto faz. É a cada um de nós que este ano vai fazer mossa. É em cada um de nós que se vão reflectir todas as coisas que vão fazer este ano. A nossa perspectiva será sempre pessoal, individual, embora sempre um pouco transmissível.

Desejo a todos mais do que um próspero ano novo, e mais do que isso uma vida plena.


7 comentários:

Vasco PS disse...

Cada ano, diferentes histórias.
Tens razão, acabamos por só nos lembrar de alguns acontecimentos em cada ano que passa. 2009 será mais um para a lista. O tempo é extremamente habilidoso.

Espero que 2009 seja, para todos, um ano, sobretudo, positivo. Já que fizeram questão de passar 2008 a lembrar que 2009 ia ser uma tragédia, seria muito bom que em 2009 não assistíssemos a casos escorbuto como os de 1492, quando Colombo quase chegou à Índia.

Vasco PS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Vasco,

eu prevejo que não vai haver muita falta de vitamina C em 2009.

Vasco PS disse...

Que pena! E eu a pensar que a “laranja” estava em processo de dissolução.

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

A laranja está podre, mas o blog do Guilherme não ...

Pipette disse...

Acho que é exactamente isso que penso mas que não conseguiria dizer melhor...

Bom ano!

Vasco PS disse...

Pois, o blogue do Guilherme vai ser a fonte de vit. C de maior sucesso neste novo ano.

Enviar um comentário