quinta-feira, 3 de julho de 2008

Demonstações de Afecto

"Uma escola de Mesa, estado norte-americano do Arizona, decidiu proibir demonstrações públicas de afecto entre os seus alunos, nomeadamente beijos na boca e abraços que durem mais de dois segundos. 
Segundo a estação de televisão KPHO Phoenix, dezenas de alunos decidiram protestar, na passada sexta-feira, contra a decisão que já levou inclusivamente à suspensão de uma rapariga de 14 anos. 
«Acho ridículo», disse Chelsea Branham, punida por abraçar um amigo depois das aulas. «O abraço não teve qualquer significado maior. Eu não estava a beijá-lo, nem nada disso», reclamou. 
Os alunos acabaram por fazer o seu protesto de forma bem original e apropriada à ocasião. Durante 20 minutos trocaram abraços fortes entre si, numa atitude que visou demonstrar que o gesto não contém quaisquer conotações sexuais."


Amar e ser amado?

As demonstrações de afecto são uma questão controversa num mundo globalizado em que se cruzam diferentes concepções sobre o tema. Em Portugal, dificilmente se proibiriam os beijos ou os abraços em estabelecimentos de ensino, mas isso é porque somos calorosos nas recepções e nas despedidas. Miguel Esteves Cardoso falava de como os portugueses se despedem como se fossem partir para "mares nunca antes navegados", como se tivessem voltado da sua oceânica sepultura.

Expressarmos as nossas emoções, os nossos afectos [e desafectos?] através de gestos socialmente convencionados para o efeito é algo positivo, ou negativo? Será que o ideal humano está nos EMO's ou o Mr. Spock? Devemos ser frios como os alemães e distantes como os japoneses, ou calorosos como os russos e sorridentes como os sul-coreanos?

Que defende esta casa?

42 comentários:

Guilherme Silva disse...

Eu cá nem morto dispenso os abraços diarios do sr. Ferreira.

manuel disse...

achas os portugueses excessivamente efusivos?
eu diria até que nós somos o primor do bom gosto no que toca à efusidade das despedidas. a alegria dos espanhóis, a cerimónia dos italianos, a severidade dos ingleses, o calor do abraço francês, eu acho que temos as melhores características das nações mais afectuosas.

a verdade é que a nossa terrinha tem sempre um gostinho diferente, já dizem os milhares de emigrados na frança.

Daniela disse...

eu acho muito bem. as pessoas apenas pegam germes e doenças umas às outras com essas demonstrações. comportem-se como blocos de gelo meus amigos e cedo verão que portugal será um país melhor...
xD

Francisco disse...

O Ary e o Manel falam como se já tivessem recebido um abraço russo, sul-coreano, alemão, japonês, espanhol, italiano, inglês, francês... Seus globetrotters dos abraços. :)
Um abraço, quando sentido, é sempre bom. Na Terra ou em Marte.

canoas_o_Mercenário disse...

.... Um abraço neste ponto de encontro....

è ridiculo proibir abraços, n tem kk cariz sexual,(a n ser certos abraços if you know what i mean), mas o k é isto?? CLro k eu n sou a favor de COMER_SE FORTEMENTE pessoas em publico, masentre namorados uns beijos porquoi non?? n'est pas??

Guilhas.... Eu n dispenso os abraços nem do sr. ferreira, nem os da belinha, Talvez dispense os do adragon

canoas_o_Mercenário disse...

esquecime na outra mensagem de dizer k eu n tenho problemas com os beijos em publico, apenas com o verdadeiro comilanço, .... acho k isso sim tem sitios proprios
...

Francisco disse...

Caros Opressores (aka Administradores),

Rebaixando-me uma vez mais, anuncio que esta Casa defende que o deputado Francisco Noronha, no âmbito do Princípio da Igualdade plasmado no art 13º da CRP, deve ter o direito que todos os outros elementos da SD têm na participação no blog por via da sua inclusão como Contribuidor.

Confiante na bona fides desta casa,
Francisco Noronha

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Noronha,

em primeiríssimo lugar as minhas desculpas. Não tinha o teu mail à mão na altura em que fiz os convites e depois nunca mais me lembrei.


Manuel,

Eu não acho os portugueses muito efusivos. Acho que se calhar se despedem de forma algo dramática. A minha mãe, a minha empregada e as minhas avós insistem sempre em dar-me dois beijos antes de eu sair de casa e e em acompanharem-me ao elevador entre pedidos insistentes para eu ter cuidado.

Um estudo estranho dizia que as pessoas que beijavam o conjuge antes de sairem de casa tinha um bónus qualquer na esperança média de vida. Não sei qual a validade do estudo, mas mal não pode fazer.

Qunato aos meus abraços internacionais: já tive alguns mas a enumeração foi simplesmente baseada em esteriótipos. Tema que aliás tem vindo a ser aqui abordado. Quanto a abraços russos e sul-coreanos a mensagem é [era] subliminar.

É bom saber que o francês do canotilho vai de vento em popa e vela cheia, inspirado talvez por conquistas recentes e que deu já lugar a veementes protestos contra esta medida que veio dos EUA.

MJ disse...

"Quanto a abraços russos e sul-coreanos a mensagem é [era] subliminar."

Bem Ary, acho que esta vai ficar para a história entre nós e mais umas pessoas... genial, genial lol.. ;)

"eu n tenho problemas com os beijos em publico, apenas com o verdadeiro comilanço, .... acho k isso sim tem sitios proprios"

Duarte, mon chérie, talvez um sítio próprio seja à saída de uma oral de Direito Penal, por mero exmeplo, entre pessoas angustiadas por não terem subido as suas notas, e outras tão efusivas que deixam os mais desprevenidos boquiabertos com tão calientes revelações? :p

Cito, para terminar, o imapagável colega João Monteiro: "Duarte, estás um homem!!!"

canoas_o_Mercenário disse...

Cara MJ se tu chamas a um beijo... (apos a oral de penal, derivado de uma alegria muito grande) Grande Comilanço!!!! Então acho k te falta algo...

Mas sinceramente.. qual é a grande cena comigo, se fosse outra pessoa kk a beijar uma rapariga enm se notava, mas como é o Canotilho ..então ja é motivo de conversa. Julgava k o canotilho é tao humano como toda a gente.... Mais ainda.. eu julgo k não tenho de dar satisfações sobre a minha vida privada a ninguem, logo so ficaram surpreendidos se quiseram, pois eu não fico assim quando sei k os meus amig@s/colegas andam com uma rapariga/Rapaz

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Canoas,

estás um barco! A tua lógica é tão inafundável como o titanic...

Mas acalma-te. Ninguém está querer invadir a tua privacidade, tu é que trouxeste algumas coisas para a esfera pública e a vida pública das pessoas públicas é ... pública ... e motivo de conversa e opinião.

Acho que a gozar-te mais ou menos todos estamos mais ou menos contentes por ti e com esperança que isto te faça bem.

Um abraço (antes que os proibam),

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Ah! Gostava de dar publicamente as boas-vindas ao Francisco como autor deste nosso blog, corrigindo-se assim um erro meu. Mais vale tarde que nunca.

Mas posso esperar por todos os debates que ele certamente nos proporcionará.

MJ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MJ disse...

Oh Duarte, estava só a pegar contigo...
Claro que és humano, tens todo o direito a essas alegrias e, tal como disse o Ary, espero que te façam bem. Aliás, neste momento deves andar bem mais "humano" que eu, e dizes bem quando achas "que me falta algo"...
De facto, acho que estou a ficar maluquinha de todo, acabei de ler e resumir as 419 páginas d' "Os Direitos Fundamentais na Constituição de 1976" em 8 horas... Sinto-me um zombie sem qualquer protecção ou garantia do meu direito subjectivo fundamental impostergável ao livre desenvolvimento da minha personalidade, direito esse que segundo o regime específico dos DLG é-me directamente aplicável e deveria vincular a Faculdade, enquanto entidade pública administrativa. Malditos exames.

Tiago(gmr) disse...

Dou por mim sozinho, entre papéis de uma disciplina que já deveria estar concluída, a aplaudir.

Ary, tens toda a razão. Se certa conduta tida como privada pelo seu autor é transposta para um espaço público, deixa de ser privada.

Duarte, antes de mais, os meus parabéns por esse teu novo status. Pessoalmente, julgo que ninguém está a tentar imiscuir-se na tua vida privada - essa só a ti te diz respeito. Contudo, há que ter plena noção de que aquilo que dás a entender perante todas as pessoas presentes num espaço público é susceptível e lícito de ser comentado.
Afinal, com mensagens subliminares ou não, este é um post sobre demonstrações PÚBLICAS de afecto; apenas compreenderei a tua indignação se a tua noção de sociedade tiver por base o autismo de cada indivíduo (o que seria inconcebível).
Enfim, se te consideras agora uma pessoa feliz, acho que não deves dar tanto crédito a uma eventual tertúlia cor-de-rosa. Se não te conseguires abster do foco das "luzes da ribalta", evita (pelo menos inicialmente) os "comilanços" já referidos em hora de ponta, porque não me parece que seja desta que um homem por si só mude uma sociedade.

Como diriam seguramente uns grandes filósofos do reino animal... Hakuna Matata! xD

Francisco disse...

O Canotilho andou aos beijos nos corredores?

Guilherme Silva disse...

"Aliás, neste momento deves andar bem mais 'humano' que eu, e dizes bem quando achas 'que me falta algo'(...)" - MJ

Também podemos fazer disto "as Tardes da Júlia"? :D

Guilherme Silva disse...

Espera, escapou-me o principal da discussão! Há novidades e eu não sei???

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Loooooooooooool
Se o tiago deu por si a aplaudir, eu dei por mim a rir =D.

Eu estou "a isto" [gesto com os dedos] de seguir a sugestão do guilherme e mudar o cabeçalho do blog para "as tardes da júlia".

Já agora para esclarecer as pessoas menos informadas (sim porque este blog também é informativo) o Canotilho beijou a Madalena, depois da oral de Penal, no corredor.

Não digo isto para publicitar algo que não precisa de publicidade, mas para as pessoas saberem exactamente o que se passou e não andarem a fazer filmes que poderiam denegrir a imagem das pessoas em questão.

Tiago(gmr) disse...

Caro Ary,

O meu "aplauso" não se deveu a toda esta tertúlia! Peço desculpa por não ter sido suficientemente elucidativo.
Estava-me, isso sim, a referir à qualidade da tua resposta ao comentário do Canoas, mais concretamente à facilidade e objectividade como o desarmaste (ou melhor, afundaste). Esse sim é o espírito de uma sociedade de debates: pegar nas afirmações de uns e derrogá-las com uma boa argumentação, se possível com um tom jocoso.

A do Titanic foi uma tirada muito boa, daí a minha aprovação.
Obviamente, colocar-me-ei do lado da oposição se esta casa defender que é preferível saber da vida dos outros do que preocuparmo-nos com a nossa.
Aliás, acho que não teríamos orçamento para pagar o avultado cachet do Cláudio Ramos ou da Maya!

Tiago(gmr) disse...

"facilidade e objectividade COM QUE (e não COMO) o desarmaste"...
Decididamente isto de ter uma mão quase cheia de exames para recurso ate deixa um gajo disléxico lol

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Guimarães,

muito obrigado pelas tuas palavras.

Espero que aceites o convite para escrever neste blog.

Um abraço,

Ary

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Curioso ver como este post se tornou o mais comentado de sempre neste blog...

Hugo disse...

?!?!?? pk k ngm me conta nada?

Era preciso falar do canotilho para ler 23 comentários num blog...

Goste-se ou não se goste, daki a 20 anos quando nos encontrarmx vamos falar dele...

...está aberta a época dos descobrimentos...

castelo branco disse...

Fui ao teu hi5 e vi k ainda tas cm "solteiro"!
Seu maroto, ainda andas a ver s vem alguma coisa de outro lado lol

canoas_o_Mercenário disse...

Quote:
"Loooooooooooool
Se o tiago deu por si a aplaudir, eu dei por mim a rir =D."
Porquê??
1.. Se eu o fiz em publico claro k vai ser alvo da opinião publica, mas na altura o momento era de grande alegria!!
2.. Espero k o pessoal não faça disto algo k seja tema de conversa dos proximos meses(e respeite a privacidade das pessoas)
3.. Eu sei k tavas a brincar MJ e tb eu me estava a meter contigo a ver o k dizias(se calhar exaltei-me mais do k o suficiente)
4..Pessoal Obrigado pelos incentivos, e abraços algo k eu retribuio.
5.. Relativamente ao castelo branco Pessoa que eu ignoro kem seja, fique a saber que eu ja n vou ao hi5 à seculos, e não estou com vontade sequer de o alterar.
6..Só a titulo de curiosidade para o pessoal não se por a falar em boatos e afins, Sim é verdade Beijei a Madalena nos Corredores, e sim é minha namorada, ja a algum tempo, alguns de voces ja sabiam isso antes da oral de penal. Espero k não cheguemos às 50 respostas agora, a transformar um post sobre demonstraçoes de afecto, numa tertulia cor de rosa como o guilhas disse ou numa tarde da julia.. Ok??

ABraços

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Canotilho,

Eu não me ri de ti ... aliás, pelo menos não era a isso que eu me referia nesse meu comentário. Eu ri-me sim do último parágrafo do comentário do guimarães.

Confesso que não sei se hei de ficar contente se triste por ver que este post produziu mais comentários que o post sobre o cineclub =).

Chego assim à conclusão de que posts sérios não originam muitos comentários ...

É pena ... ou talvez não.

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Ah! tentei redimir-me por ter feito este post colocando um post sério, não sei se já repararam ...

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

50 Canotilho não sei, mas às 30 deve chegar ...

MJ disse...

Ary:

1. Pela enésima vez, é cineclubE (com um "E" no fim!!!)
2. Sim, já reparámos todos que puseste um novo post, mas se continuares a comentar, é claro que vamos chegar aos 50 comments (9 dos 30 já são teus...)
3. mandei-te uma sms, aguardo resposta. Começo a chegar à conclusão que vens mais vezes aqui do que ao telemóvel :p

beijinhos

Guilherme Silva disse...

Pessoal, estou-me a sentir o traste mais alheado da vida de terceiros que existe!!!
Quem é a Madalena? É da faculdade?
O que é um corredor?
Porque é o céu azul?
É verdade que se tiveres a mão maior que a cara tens HIV/SIDA?

(Duarte, desculpa-me perguntar isto aqui,mas nao tenho o teu numero de telemovel...)

MJ disse...

Acho que neste momento se impõem as desculpas à Madalena por este pequeno "exagero"... Querida, espero que não tenhas levado nada a mal, foi mesmo para pegar com o Duarte e não contigo ok?

(Desculpa dizer isto aqui, mas também não tenho o teu número de telemóvel...)

Beijinhos

manuel disse...

grande Canotilho. és um don Juan.
proponho um debate sobre a hercúlea virilidade do nosso amigo Canotilho.

Tiago Ramalho disse...

Guilherme...ouvi dizer que sim. É mão maior que a cara e olhos azuis com a pupila dilatada. É melhor por-mo-nos todos a pau... :S

Francisco disse...

Foda-se oh Canotilho, tu és maluco. Aos beijos no corredor. Olha que há cada coisa.

Anónimo disse...

Se o canotilho não se põe a pau ainda lhe começa a crescer a mão ...

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Para informação do Guilherme:

Porque é que o céu é azul:
Quando a luz passa através de um prisma, o espectro é quebrado num arco-íris de cores. Nossa atmosfera faz o mesmo papel, atuando como uma espécie de prisma onde os raios solares colidem com as moléculas e são responsáveis pelo dispersão do azul.
Quando olhamos a cor de algo, é porque este "algo" refletiu ou dispersou a luz de uma determinada cor associada a um comprimento de onda. Uma folha verde utiliza todas as cores para fazer a fotossíntese, menos o verde, porque esta foi refletida. Devido ao seu pequeno tamanho e estrutura, as minúsculas moléculas da atmosfera difundem melhor as ondas com pequenos comprimentos de onda, tais como o azul e violeta. As moléculas estão espalhadas através de toda a atmosfera, de modo que a luz azul dispersada chega aos nossos olhos com facilidade.
Luz azul é dispersada dez vezes mais que luz vermelha.
A luz azul tem uma frequência ( ciclos de onda por segundo ) que é muito próximo da frequência de ressonância dos átomos, ao contrário da luz vermelha. Logo a luz azul movimenta os elétrons nas camadas atômicas da molécula com muito mais facilidade que a vermelha. Isso provoca um ligeiro atraso na luz azul que é re-emitida em todas as direções num processo chamado dispersão de Rayleigh ( Físico inglês do século 19 ). A luz vermelha, que não é dispersa e sim transmitida, continua em sua direção original, mas quando olhamos para o céu é a luz azul que vemos porque é a que foi mais dispersada pelas moléculas em todas as direções.
Luz violeta tem comprimento de onda menor que luz azul, portanto dispersa-se mais na atmosfera que o azul. Porque então não vemos o céu violeta ? Porque não há suficiente luz ultravioleta. O sol produz muito mais luz azul que violeta.
Quando o céu está com cerração, névoa ou poluição, há partículas de tamanho grande que dispersam igualmente todos os comprimentos de ondas, logo o céu tende ao branco pela mistura de cores. Isso é mais comum na linha do horizonte.
No vácuo do espaço extraterrestre, onde não há atmosfera, os raios do sol não são dispersos, logo eles percorrem uma linha reta do sol até o observador. Devido a isso os astronautas vêem um céu negro.
Em Júpiter o céu também é azul porque ocorre o mesmo tipo de dispersão do azul na atmosfera do planeta como na Terra. Porém em Marte o céu é cor de rosa, ja que há excessiva partículas de poeira na atmosfera Marciana devido à presença de óxidos de ferro originários do solo. Se a atmosfera de Marte fosse limpa da poeira, ela seria azul, porém um azul mais escuro já que a atmosfera de Marte é muito mais rarefeita.


Por que é que o pôr do sol e a alvorada são vermelhos:
Quando o sol está no horizonte, a luz leva um caminho muito maior através da atmosfera para chegar aos nossos olhos do que quando está sobre nossas cabeças. A luz azul nesse caminho foi toda dispersada , a atmosfera atua como um filtro , e muito pouca luz azul chega até você, enquanto que a luz vermelha que não é dispersada e sim transmitida alcança nossos olhos com facilidade. Nessa hora a luz branca está sem o azul.
Durante a dispersão da luz nas moléculas ocorre o fenômeno de interferência destrutiva em que a onda principal se subdivide em várias outras de menor intensidade e em todas direções, porém mantendo a energia total conservada. O efeito disto é que a luz azul do sol que vinha em linha reta passa a ir em todas as direções. Ao meio dia todas as direções estão próximas de nós mas no entardecer a dispersão leva para longe do nosso campo de visão o azul já que a luz solar percorre uma longa tangente na circunferência da terra até chegar aos nossos olhos.
Além disso, o vermelho e o laranja tornam-se muito mais vívidos no crepúsculo quando há poeira ou fumaça no ar, provocado por incêndios, tempestade de poeira e vulcões. Isso ocorre porque essas partículas maiores também provocam dispersão com a luz de comprimento de onda próximos, no caso o vermelho e laranja.

Porque as nuvens são brancas:
Nas nuvens existem partículas ( gotas de água ) de tamanhos muito maiores que o comprimento de ondas da luz ocorrendo dispersão generalizada em todo o espectro visível e iguais quantidades de azul, verde e vermelho se juntam formando o branco.

(tirado de http://www.geocities.com/Heartland/Meadows/8277/Ceuazul.html)

manuel disse...

desfaio-te, ary, a escreveres isso tudo "backwards".

manuel disse...

desfaio-te não, desafio-te

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Manuel,

os posts nostalgicos sobre a nossa infância são um pouco mais a cima.

Nunca achei muita piada a esses "desafios" e muito menos agora.

Nhanhanhanhanhanha ...

Um abraço,

Guilherme Silva disse...

Porque é o céu azul mesmo?

:)

Pedro Ary Ferreira da Cunha disse...

Desisto Guilherme ... =P

Enviar um comentário