domingo, 18 de janeiro de 2009

Sim, existe (e daí talvez não)

Nota: Após mais de 24h de experiência, decido assim pôr termo à mesma. A ideia deste post era alertar as pessoas para a diferente forma como vemos as coisas ditas por rapazes e raparigas. Assim, coloquei um post muito semelhante ao da Daniela "versão masculina" (ou feminina dependendo da perspectiva). 
Estava certo que viria uma brigada fortemente estrogenizada queixando-se do machismo do post e da exploração sexual das mulheres, entendidas como objectos por uma sociedade que impõe padrões de beleza inalcançáveis.
Não aconteceu o que eu previra, talvez porque não dei tempo suficiente à experiência, talvez por ter anunciado o objectivo da minha experiência previamente no blog da Daniela.
De qualquer forma não aguentava mais ter uma post assinado por mim neste blog com o qual não me identifico minimamente. Mantenho-o por fidelidade à história e "para mais tarde recordar".
PS: Eu estudei muito trabalho, ao contrário do que andaram aí a dizer em comentários difamatórios.






Perdido entre os estudos de Trabalho, acabei por perder o olhar mais uma vez no mapa que tenho no tampo da secretária. Enquanto olhava os países de África, encontrei Brazzaville. Brazzaville é a capital da República do Congo. Mas para mim, Brazzaville será sempre aquele especial lugar onde todas as mulheres que se passeiam pelas ruas são assim: (e passeiam-se exactamente nestas condições de vestuário).


15 comentários:

Street Fighting Man disse...

deves estudar tanto para trabalho como eu estdei, portanto lol

Manuel disse...

não acho muita piada a esta petiz ó ary...
brazzaville não pode ter antes uma multidão de flávias alessandras?

Anónimo disse...

Como dizia o outro: "o que tu queres sei eu!"

a cavalo dado ... disse...

Tenho de ir ao caixote do lixo do manuel para ver se arranjo por lá uma jessica alba para mim (e dai talvez duas nao fosse mal pensado).

Francisco disse...

loool

Rolando disse...

Há meninos filipinos em Brazzaville?

Daniela Ramalho disse...

ela tem um óptimo gosto para partes de cima de bikini, aposto que sei onde a comprou xD mas a parte de baixo não está mal também.


isto leva-me a concluir que eles por brazaville devem procriar uns com os outros, logo, nunca podemos alguma vez deixar de sonhar com os habitantes de brazaville.

jünger disse...

eu a esta despia-a com justa causa..

despedia-a digo!..

Rolando disse...

Mas afinal há ou não meninos filipinos em Brazzaville?

workalholic disse...

"O comportamento culposo do trabalhador que, pela sua gravidade e consequências, torne imediata e praticamente impossível a subsistência da relação de trabalho constitui justa causa de despedimento". De facto apresentando-se a rapariga assim é insustentável qualquer relação de trabalho... É despimento certo e sabido (antecedido sempre de processo disciplinar)

Rolando disse...

Isso quer dizer que há meninos filipinos em Brazzaville?

Daniela Ramalho disse...

desde que não hajam homens chamados rolando, por mim tudo bem

Rolando disse...

Foste infeliz nas tuas afirmações Daniela.
Afinal, tudo o que eu desejo é um pequeno e mulatinho menino filipino.

Daniela Ramalho disse...

ary, ninguém veio reclamar porque todas as mulheres desta sociedade de debates sabem ter padrões de beleza ao nível desta menina. pelo menos no interior xD é óbvio que nenhuma garota daqui teria estrogénio no sangue ao ponto de vir reclamar por isto. tomas-nos de forma errada.
p.s - eu penso pedir os direitos de autor

Ary disse...

Eu pago-te os direitos de autor quando tu pagares a publicidade que eu dei ao teu blog =P.

Nada aponta para que a Jessica Alba tenha umas vísceras menos estéticas que as vossas.

Se vocês quiseram ou não dizer mal do post não sei. Eu achei horrível assinar uma coisa assim. Tanto que só depois reparei que nem 24h tinham passado.

Enviar um comentário