quinta-feira, 2 de julho de 2009

entre o minotauro, o centauro e Hemingway: uma nova revolução cartesiana no sistema penal?

Entre paradigmas biopsicológicos e compreensivos, há que dar o devido relevo dogmático à imputabilidade do Misantropo, não obstante a sua exclusão da culpa nos termos da a-socialidade que lhe é própria. A-socialialidade esta que, para alguns autores (a doutrina lamecense é paradigmática quanto a este ponto), se sobrepõe mesmo às conclusões das teorias do dolo limitado quanto à cegueira ou desrespeito perante a ordem jurídica.
Avista-se uma revolução na dogmática do facto punível a que parte da doutrina já chama mesmo de descaracterização do sistema penal.
A acompanhar nas próximas horas.

6 comentários:

Pipette disse...

Gostava mais antes, quando defendíamos a sua inimputabilidade, porque assim podíamos fazer aquela cena gira:

(misantropo dispara sobre Francisco e diz) ahahahah, sou inimputável.

Pipette disse...

(este foi, provavelmente, o comentário mais idiota que já escrevi neste blogue, mas teve que ser :p)

Carlos Santos disse...

Caro amigo,

A qualidade deste espaço não cabe no infinito multidimensional, mais a mais no mero simbolismo de um selo. Em todo o caso, fico honrado se quiser levantar prémio e texto em:
http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/07/infinitos-sem-sinal.html
Obrigado,
Carlos Santos

Tiago Ramalho disse...

Excelente, excelente, excelente!

Ary disse...

Caro amigo,

Os elogios devem ter para quem os recebe o valor daquele que os oferece. Assim, não deixo de me sentir lisonjeado quando é meu caro amigo a dirigir-nos uma distinção tão elogiosa.

Há já algum tempo que tenho vindo a seguir "O Valor das Ideias" e sempre me tenho deparado com textos de elevadíssima qualidade e com uma frequência, extensão, fundamentação e sensatez que julgava impossíveis de encontrar num mesmo espaço.

A natureza colectiva deste blog adiará por alguns dias a atribuição do prémio, mas não vejo porque não aceitar desde já a distinção, apesar de ainda não ter compreendido o que viu neste blog de aprendizes de juristas um tanto ou quanto esquizofrénico.

Raramente nos lembramos que este blog é visto por pessoas de fora da Faculdade de Direito. Acho que nenhum de nós já se habituou à dimensão que o blog tem vindo a tomar e à responsabilidade que é escrever para um universo mais alargado que o dos nossos amigos, ou quanto muito o dos amigos dos nossos amigos.

Ficamos-lhe gratos pelo reconhecimento de algo que porventura ainda não descobrimos e certamente estimulados a fazer melhor.

Obrigado,

Ary

vin diesel disse...

hi guys, you people are really cool... i loved playing misantropo james, the guy who drived the yellow car with blue stripes in fast and the furious III!!!

Enviar um comentário