sábado, 20 de junho de 2009

O Estúpido

Há aqueles que são tão estúpidos que ao olharem para o seu reflexo não se apercebem da sua triste condição. O Estúpido fala de tudo, sempre com razão! Fala da Vida com a argúcia própria de um sábio. Adoro conversar com estúpidos, eles sabem tanto, já passaram por tudo e cultivam isso aos olhos de todos. Adoro! Mas, também entendo os mais humildes (creio que não é a palavra correcta), que quando falam com Ele, ficam um pouco retraídos e expõem as suas dúvidas e nessa altura o Estúpido revela toda a sua essência: é incapaz de compreender porque raio falar da Vida não é característico de um sábio. Ele sabe tudo é certo, mas em todo o seu magistral saber é incapaz de compreender aqueles que ainda não foram atacados por tal cegueira.
Os Estúpidos são pessoas caricatas... Conheço muitos! Adoro conversar com eles, fazem-me sorrir e, hoje em dia, o sorriso é algo tão raro em mim...

4 comentários:

Maximilien Robespierre disse...

Caro Henrique,

Não conheço, é certo, as experiências cujas marcas te terão compelido a redigir tão virulento manifesto contra a estupidez.

Mas, a bem da racionalidade e de uma caeiriana propensão para uma vida sem angústias, peço-te que sejas mais compreensivo com os que designas estúpidos.

São eles, na verdade, assim tão diferentes dos sábios? Entre estes costumamos destacar o ateniense, que, em escritos platónicos, afirmou que a única coisa que sabia é que nada sabia.

O meu compatriota Montaigne comparou os sábios às espigas de trigo, que se erguem orgulhosamente enquanto vazias e, quando se enchem e amadurece o grão, se inclinam e dobram humildemente. Procurava assim mostrar que esses homens, depois de tudo terem experimentado, sondado e nada haverem encontrado, renunciaram à sua presunção e reconheceram a sua insignificância!

Então assim vês que a estupidez e a ignorância tendem a ser acompanhadas da audácia e da confiança. O saber traz-nos a humildade e a quietude de quem reconhece a sua própria pequenez no grande esquema das coisas.

Mas se a sabedoria é tolerável e até louvável entre os seniores, entre os jovens, a ausência de estupidez e ignorância seria a triste antecipação da morte do espírito juvenil.

É próprio da tenra idade que a espiga se erga orgulhosa, crendo poder tocar o Sol. Terá tempo, pois para tal se encaminha, para amadurecer e tornar-se despretensiosa e modesta para com a Grandeza do Mundo.

Não apressemos o amadurecer. O arrependimento costuma acompanhar aqueles que cedo demais largaram a fogosa inconsciência, ganhando em saber o que perderam em ânimo e alma. A troca tem aí um amargo sabor...

Saudações jacobinas,

Maximilien Robespierre

Francisco disse...

Para jacobino, está muito sensato, caro Robespierre.
Disse coisas muita acertadas, é um facto.
Ao contrário do que muita gente que por aqui anda comenta, eu acredito que é você em pessoa que se juntou a nós, ou não tivesse dito o senhor que "a morte é o início da imortalidade". Pois prezo em continuar a tê-lo por cá. O bom-senso e espírito apaziguador que transpira nos últimos dias podiam ter evitado a guilhotina em tempos idos. Mas isso são outras histórias.

Um abraço deste lado da coluna,
Francisco

henrique maio disse...

o Estúpido que falo nem é o idiota, nem o imbecil, nem o débil mental!
É outro grau... Este Estúpido até sabe bastante mas a sua estulta ambição torna-o rídiculo.

De qualquer modo, concordo com muito do que foi dito:

"Não apressemos o amadurecer. O arrependimento costuma acompanhar aqueles que cedo demais largaram a fogosa inconsciência, ganhando em saber o que perderam em ânimo e alma. A troca tem aí um amargo sabor..."

Ninguém em tenra idade, deve pensar com tanta intensidade sobre alguns temas, tudo o que restará será pesar e dor que o poderá levar a soluções "amargas" e de negação...

Concordo plenamente, ó Robespierre, andas muito sensato! Bien venue!

canoas_o_Mercenário disse...

Parabens Robespierre.
COncordo com tudo o que disseste. Alias... REtiro o que disse sobre esconder por traz, pois pensei sinceramente que o nosso amigo robespierre fosse um nosso outro colega. Mas o tipo de discurso e a moderação dele e opiniões, levam me a crer k nao é.
Tem tido grandes intervenções, e efectivamente debate os temas com argumentos. è uma mais valia para esta sociedade. :) Bem vindo

Enviar um comentário